• Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná

Notícias

22/09/2017

Fórum de Micro e Pequenas Empresas do Paraná é exemplo nacional


O Paraná tem sido referência e inspiração a outros Estados brasileiros em assuntos relacionados ao setor de micro e pequenas empresas, segundo afirmou nesta sexta-feira (15) o secretário especial da Micro e Pequena Empresa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), José Ricardo Martins da Veiga. 

Ele participou como convidado da 17ª Reunião Extraordinária do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná (Fopeme), realizada na Secretaria de Planejamento e Coordenação Geral (SEPL).

“O Paraná tem uma série de série de ações para apoiar o segmento de micro e pequenas empresas, setor tão importante para a economia brasileira”, disse o secretário nacional. Entre outras iniciativas, Veiga destacou a instalação da Lei Estadual da micro e pequena empresa (Lei 163/2013). “Ela deu condições para maior desenvolvimento dos pequenos negócios e isso pode ser percebido em números e resultados”.

Outro assunto abordado pelo secretário do MDIC foi a recente integração da Secretaria de Fazenda do Paraná à Junta Comercial, através da Redesim. “Isso reduzirá ainda mais o número de dias para abrir uma empresa aqui no Estado”, comentou. 

Fopeme -
A atuação do Fopeme foi bastante destacada pelo secretário nacional. “O Fórum é extremamente ativo, executa as atividades da forma que precisa e consegue atingir seus objetivos”, elogiou Veiga. Ele informou que, para estimular que demais estados façam funcionar seus respectivos fóruns, o Fopeme é utilizado como exemplo. “Deste Fórum saem diversas soluções de políticas públicas em prol dos pequenos negócios”, disse o secretário.

O diretor-superintendente do Sebrae-PR, Vitor Roberto Tioqueta, falou sobre a importância da parceria entre o governo do Estado e o Sebrae-PR na implantação de fóruns localizados. “Hoje há 18 fóruns regionais e 130 municipais em plena atividade no Paraná. Sem a participação do Estado, isso não seria possível”, comentou.

O assessor da SEPL, Mário Figueiredo, que representou o secretário de Planejamento e Coordenação Geral Juraci Barbosa na reunião, destacou o papel do governo do Estado como parceiro das instituições. Ao abrir a reunião, Figueiredo detalhou as principais ações do governo paranaense em prol das micro e pequenas empresas, como a Lei 163, a regularização da Fopeme e o programa Bom Negócio Paraná. “Temos um trabalho incansável de muito diálogo e parceria com as instituições”, comentou.

Carta Paraná – 
Durante a reunião, a “Carta do Paraná – Propostas para a melhoria do ambiente dos pequenos negócios no Paraná” foi entregue ao secretário, a qual será avaliada nacionalmente. 

Na ocasião Veiga ainda ministrou a palestra “A Importância dos Fóruns Estaduais Permanentes das Micro e Pequenas Empresas, no desenvolvimento econômico e social”. Estavam presentes na reunião representantes de diversas instituições do Estado.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.